Saiba como perder peso. Abordamos o tema das dietas e dos exercícios físicos como forma de perder peso tendo por base o consumo de calorias para emagrecer. Dicas sobre a melhor forma de emagrecer, compilando informação relevante. Queimar calorias de modo sustentado, através de actividade física.


segunda-feira, 18 de abril de 2011

Perder Peso

Numa época em que surge praticamente uma nova dieta por dia e o assunto não sai dos média, causa surpresa saber que a falta de informações é um dos maiores obstáculos para quem luta contra a balança. “Das cerca de oito mil pessoas que nos procuram em busca de orientação, a maioria já tentou diversos tipos de dietas, sem obter resultados satisfatórios, e que se sentem desorientadas e desestimuladas”, afirma a Dra. Thais Seabra, nutricionista e coordenadora do Centro de Educação Alimentar da Sanavita (CEAS).
Aqueles que recorrem ao apoio nutricional gratuito oferecido pelo CEAS, através do telefone 0800-554414 ou do site www.sanavita.com.br, aprendem que “não existe uma única fórmula, e nem fórmulas mágicas, para perder peso”, conta Seabra. “O que podemos afirmar é que a dieta ideal é aquela que se baseia em alimentos nutritivos, mas com baixos níveis calóricos, e que não deixa de lado as actividades físicas. O importante é, sabendo disso, a pessoa buscar com bom senso a alternativa que melhor se adapta a ela”, complementa a nutricionista.
A seguir, as respostas do CEAS para as principais dúvidas de quem faz contacto com o centro procurando ajuda para emagrecer:
1. O meu regime começou bem, mas de repente eu parei de perder peso. Por que isso aconteceu, se eu segui rigorosamente as recomendações?
Depois de um certo tempo seguindo uma dieta monótona nosso corpo entra em equilíbrio e o peso tende a estacionar. Dietas muito restritivas, que não contêm uma variedade grande de alimentos, podem não ser eficientes em longo prazo, pois você estará propenso a sentir fome e achar esse tipo de dieta difícil de seguir.
2. É melhor fazer uma grande refeição por dia ou várias pequenas?
Ficar muito tempo sem se alimentar pode ser contraproducente: o seu organismo vai começar a poupar as poucas energias consumidas para realizar as funções vitais. Esse processo dificulta o emagrecimento. Por isso, recomenda-se o fraccionamento em cinco ou seis pequenas refeições diárias.
3. O melhor regime é aquele em que se come menos?
Quando fazemos dietas muito drásticas e radicais (com ingestão de menos de 800 calorias por dia), nosso organismo não recebe os nutrientes adequados e normalmente apresenta resultados contrários aos esperados. Além disso, quanto maior a restrição calórica, maior a taxa de abandono da dieta.
4. Quantas calorias por dia eu preciso?
Em geral, estudos recomendam planos alimentares de 1.200 até 1.500 calorias a quem deseja emagrecer.
5. Eu preciso desistir das minhas comidas favoritas para perder peso?
Não, mas tudo deve ser consumido com moderação, sem exageros. Em geral, nossos alimentos favoritos são os mais calóricos, ricos em açúcares e gorduras. Mesmo componentes alimentares como colesterol, gorduras saturadas, entre outros considerados vilões da alimentação, têm uma função essencial em nosso corpo, como a produção de hormônios, enzimas etc. Ao invés de eliminá-los totalmente, devemos aprender o quanto e quando comê-los.
6. Quais são os exercícios mais eficazes para eliminar a gordura e perder peso? Com que frequência devo fazê-los?
Os exercícios mais indicados para aumentar o gasto calórico são os aeróbicos, como caminhada, natação, step, spinning etc. Essas actividades devem ser realizadas com uma frequência de pelo menos 3-5 vezes por semana, com duração de 45 minutos até uma hora. Exercícios localizados, como, por exemplo, a musculação e os abdominais, também são indicados (em menor intensidade). Contudo, é importante buscar orientação de um profissional especializado, que definirá as necessidades e limites de cada pessoa.
7. Eu odeio fazer exercícios. Posso perder peso apenas fechando a boca?
De acordo com estudos científicos, a melhor maneira de se perder peso com saúde é através da reeducação alimentar e da prática constante de exercícios físicos, que, além de serem benéficos à saúde, ajudam a combater a ansiedade, algo que pode colocar muitas dietas por água abaixo. Mas, se você realmente odeia malhar em academia ou fazer desporto, experimente adoptar hábitos que mal se parecem com exercícios, como, andar em percursos curtos, deixar o carro na garagem e ir a pé e trocar o elevador pelas escadas.

Fonte: http://www.revistavigor.com.br/2006/11/06/as-sete-principais-duvidas-de-quem-quer-perder-peso/ em 18 de Abril de 2011

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL